O Homem Santo

Dizer que o segredo do sucesso da vida espiritual é levar uma vida na frequência do modo da bondade não é um exagero, já que a bondade é a responsável por proporcionar relacionamentos saudáveis e prazerosos tanto com Kṛṣṇa, quanto com todos os demais seres vivos.

O arquétipo de uma pessoa sob a influência da bondade, com sentimentos e comportamento aprimorados, é o sādhu, ou homem santo que leva uma vida sob a guia das escrituras. Há muitos versos nas escrituras onde Kṛṣṇa revela, direta ou indiretamente, Sua fascinação pela santidade do sādhu. Praticamente todo o texto da Gītā serve como exemplo disso.

Como representante vivo das escrituras, o sādhu não tem mensagem própria, nem é um especulador mental que sai por aí tentando convencer os outros daquilo que ele pensa. Sua ajuda nos é de grande valia no que diz respeito à assimilação correta do conhecimento espiritual. Como humilde representante do paramparā – o caminho pelo qual o conhecimento espiritual descende – a missão do sādhu é manter a transmissão do conhecimento que ele mesmo recebeu das autoridades védicas através da recepção auditiva, ou shabda.

Este método de ouvir de uma autoridade védica é considerado pelos Vedas como perfeito, pois coloca o receptor em contato com uma fonte livre das quatro imperfeições materiais, a saber, a ineficiência dos sentidos materiais (karanapatava), a tendência à ilusão (pramada), a possibilidade do equívoco (bhrama) e a propensão a enganar os outros (vipralipsa).

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2021 ISKCON - Chandramukha Swami

Olá

Deixe sua mensagem para o Maharaj

Enviando

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?